quinta-feira, 30 de abril de 2009

"EU SOU COMO O VERSO"

Eu sou como o verso
que viaja ao sabor do vento,
levando um pouco de alento
para aquele que o escutar
e, neste eterno caminhar,
só, não consola a si mesmo,
pois falta-lhe voz para cantar
ou, talvez, não tenha alguém,
ninguém para quem possa voltar.

Eu sou como o verso
esta tão doce magia,
plena de galhardia
que traz dores de amores
cantadas pelos payadores
que se perdem na imaginação,
onde se encontram imersos,
numa querência de sentimentos,
os mais ricos pensamentos
que conquistam o universo.

Eu sou como o verso
que sonha com um mundo melhor,
que acredita no suor
do trabalho, ao fim do dia,
que canta tristeza e alegria
na ilusão de cada um,
na esperança que sorria
promessa de vida nova,
sem saber que a nova vida
na fome já se perdia.

Eu sou como o verso
somos iguais na essência,
na origem e na tenência,
pois trazemos, neste cantar,
um desejo de encontrar
nosso próprio sentimento
para, então, poder salvar
o sonho da liberdade,
nossa própria felicidade
que almejamos conquistar.

Eu sou como o verso
que se põe a semear,
com o seu terno cantar
a semente do amor,
a mais bela flor
plantada no coração
entre lágrimas de dor
e suspiro de paixão,
sofrenando a solidão
deste meu peito cantor.

Eu sou como o verso
parceiro da boemia,
trecho de uma poesia
cantada por loucos e doutores
na solidão de suas dores,
na angústia dos seus sonhos
que fogem da realidade,
embriagando o coração
na bebida da paixão
e na ressaca da saudade.

Eu sou como o verso
uma rima muda, calada,
que sozinho não diz nada,
mas guarda dentro de si,
os sonhos que eu vivi,
abandonados, esquecidos,
na memória de um guri
que implora se libertar
para poder me entregar
a alma que eu perdi.

Eu sou como o verso
simples, pequeno e tão só,
que beija, do chão, o pó
e abraça as estrelas do céu,
fica atirado ao léu,
entregue à sua própria sorte,
glorioso e belo troféu
que se tornou meu amigo,
pois veio morar comigo
debaixo do meu chapéu.


João Luis Pereira Ourique

Agradecimento a minha Amiga Dejanira Dias pelo envio desta poesia, para postar no meu Blog.
Um Bom Feriadão a todos amigos(a).

3 comentários:

Dejanira disse...

Tah lindo o teu blog Sérgio!! que bom que vc gostou da poesia ..pois eu adorei....e fico muito feliz em vc ter postado ela no teu blog...beijão da amiga Dejanira!!!!

CRISTIANE disse...

linda poesia adorei, pena que nem tds tem essa maneira de ver as coisas um abraço amigo e sucesso gisele teixeira

elisa disse...

linda poesia!adorei sempre que puder pode me mandar uma pois vou adorar bjs